Ecossistema Brasil 5.0

Sistema Nacional de Coalizões
Digitais Regionais - SinCDR

Curador Renato Grau
Selo do Instituto MicroPower - 21 anos

Apoio Institucional Nacional

ABES
ABRH Brasil
MBC
O SinCDR – Sistema Nacional de Coalizões Digitais Regionais integra o projeto Brasil 5.0 de interesse Nacional suprapartidário, acima dos interesses dos partidos políticos; e pro bono, caracterizado como uma atividade não remunerada, voluntária e principalmente solidária, coordenado pelo Instituto MicroPower que tem como:

Propósito

Estimular a implantação de iniciativas que operacionalizem o Protagonismo Regional na jornada que potencialize o ciclo virtuoso do empoderamento e produtividade da Pessoa 5.0, competitividade dos Negócios 5.0, efetividade do Governo 5.0, o fomento da Economia 5.0, a construção da Sociedade 5.0 com Qualidade de Vida, Inclusão e Sustentabilidade: Econômica, Social e Ambiental, e estejam alinhadas aos Fundamentos do Brasil 5.0, e às Ações Estratégicas da E-Digital.

Ecossistema Brasil 5.0 - Pilares e Fundamentos
E-Digital: Estratégia Brasileira para Transformação Digital
E-Digital: Estratégia Brasileira para Transformação Digital, decreto 9.319 de 21/03/2018.

Princípios

Princípios

Governança

SinCDR – Sistema Nacional de Coalizões Digitais Regionais

A nível Regional a Governança é exercida pelo Conselho SinCDR, Conselho CDR e Comitê Executivo CDR

Apoio Institucional (Atores Regionais)

Conselho SinCDR

O Conselho SinCDR é composto pelo Curadores do Brasil 5.0 e SinCDR, e pelos Presidentes e Vice-Presidentes dos Conselhos Regionais CDRs, com o objetivo de avaliar periodicamente as realizações e planos, e Curadores das CDRs com o objetivo de compartilhar as melhores práticas e lições aprendidas na realização dos planos de ação e integrado pelos representantes dos Agentes Econômicos e Públicos, Entidades representativas da Sociedade Civil, Academia e Institutos de Pesquisa, e têm como principal responsabilidade garantir seus alinhamentos ao Propósito e Pilares do Brasil 5.0, e Eixos e Ações Estratégicas da E-Digital.

O Presidente e Vice-Presidente do Conselho SinCDR são eleitos entre seus membros, por um período de 2 (dois) anos, podendo ser reeleitos por igual período, e integram o Conselho Superior do Brasil 5.0.

CDRs – Coalizões Digitais Regionais

A Governança das CDRs é exercida pelo Conselho da Região:

Conselho Regional: composto por Agentes Econômicos e Públicos, Entidades representativas da Sociedade Civil, Academia e Institutos de Pesquisa que apoiam e avaliam mensalmente os Planos das Ações Táticas da Coalizão Digital da Região, garantindo seus alinhamentos ao Propósito e Pilares do Brasil 5.0, e Eixos e Ações Estratégicas da E-Digital.

Comitê Executivo: composto pelos representantes dos Agentes Econômicos e Públicos, Entidades representativas da Sociedade Civil, Academia e Institutos de Pesquisa que contribuem com a realização dos Planos das Ações Táticas da Coalizão Digital da Região, alinhadas ao Propósito e Pilares do Brasil 5.0, e Eixos e Ações Estratégicas da E-Digital.

Dentre os integrantes do Conselho Regional serão eleitos Presidente e Vice-Presidente, com mandato de 2 anos, renováveis por igual período que, por sua vez, passam a integrar o Conselho SinCDR.
 
Para operacionalizar este Propósito é essencial a identificação de Lideranças locais que estejam comprometidas com o desenvolvimento de seus Cidadãos e de suas Sociedades, e estejam alinhados aos Princípios estabelecidos.

A jornada destas Lideranças inicia-se com o diagnóstico da situação atual, a partir de três Ações Táticas habilitadoras, que suportem as iniciativas dos Agentes Econômicos e Públicos, Entidades representativas da Sociedade Civil, Academias e Institutos de Pesquisas, que tenham entre os seus objetivos fomentar o Ecossistema de Inovação e de Empreendedorismo Inovador, buscando desta forma consolidar o Propósito do BRASIL 5.0 – Protagonista na Inovação e Transformação Digital Global.

Jornada

Para contribuir na operacionalização do projeto Brasil 5.0 tem como Propósito:

Brasil 5.0

“Brasil Protagonista na Inovação e Transformação Digital Global”

Consolidar os fundamentos que habilitem o Brasil a exercer o Protagonismo na Inovação e Transformação Digital Global, juntamente com os países líderes no tema, por meio de uma jornada que potencialize o ciclo virtuoso do empoderamento e da produtividade da Pessoa 5.0, da competitividade do Negócio 5.0, da efetividade do Governo 5.0, do fomento da Economia 5.0, e da construção da Sociedade 5.0 com Qualidade de Vida, Inclusão e Sustentabilidade: Econômica, Social e Ambiental

Com dois objetivos:

Até 17 de setembro de 2020:

Elaborar a primeira versão dos Fundamentos , Experiências com exemplos práticos, dos seus cinco pilares: Pessoa 5.0, Sociedade 5.0, Negócio 5.0, Governo 5.0 e Economia 5.0, para apoiar as ações de sensibilização dos Agentes Econômicos e Públicos, Entidades representativas da Sociedade Civil, Academias e Institutos de Ensino Pesquisa, quanto a relevância da E-Digital – Estratégia Brasileira para a Transformação Digital, na geração dos USD 115 bilhões adicionais ao PIB brasileiro até 2025, e com a ampliação e melhorias dos serviços públicos oferecidos aos Cidadãos, e otimização do Custo do Estado.

A partir de 01 de outubro de 2020:

Com o propósito de operacionalizar os 23 Fundamentos do Brasil 5.0, aprimorar e monitorar a implantação da E-Digital: Estratégia Brasileira para a Transformação Digital, priorizando a Educação e Capacitação Profissional, três objetivos permanentes foram definidos:

  • Promover a capacitação e o empoderamento das Pessoas, para atuarem em projetos de Inovação e Transformação Digital de Processos e Modelos de Negócio,
  • Promover ações para o desenvolvimento da Economia Digital privilegiando a Qualidade de Vida das Pessoas de forma Inclusiva e Sustentável,
  • Aprimorar e monitorar a implantação da E-Digital: Estratégia Brasileira para a Transformação Digital:

    Ciclo 2018-2021: Identificar os ajustes necessários a serem contemplados na revisão da E-Digital para o período de 2022 a 2025, contemplando a EGD – Estratégia de Governo Digital, os requisitos da OCDE, e Estratégia Federal de Desenvolvimento para o Brasil, decreto 10.531 de 26/10/2020.

    Ciclo 2022-2025: Apoiar e Monitorar a implementação das Ações Estratégicas da E-Digital revisada.

3.9 Educação e Capacitação Profissional

Sempre respeitando os 4 (quatro) fundamentos balisares da Sociedade 5.0:

Fundamentos balisares da Sociedade 5.0
Ações Táticas Habilitadoras

Ações Táticas Habilitadoras

Para operacionalizar o Propósito do SinCDR – Sistema Nacional das Coalizões Digitais Regionais foram definidas 3 (três) Ações Táticas Habilitadoras comuns às CDRs, com seus respectivos Propósitos, Entregáveis e Alinhamentos aos Fundamentos do BRASIL 5.0 e às Ações Estratégicas da E-Digital – Estratégia Brasileira para a Transformação Digital:

Papel do curador da CDR:

  • Engajar e garantir que os Curadores das ATs – Ações Táticas, e Coordenadores dos respectivos Planos de Ações, mantenham o alinhamento de seus Propósitos e Atividades com o Propósito do SinCDR e do Brasil 5.0.
  • Integrar o Conselho SinCDR objetivando compartilhar as Experiências de Sucesso e Melhores Práticas identificadas na realização dos Planos de Ação das três ATs.

AT1 – SENSIBILIZAR OS AGENTES ECONÔMICOS E PÚBLICOS

Propósito da AT1:

Sensibilizar os Agentes Econômicos quanto a relevância da Transformação Digital e sua urgência para potencializar a competitividade de seus Negócios, e aos Agentes Públicos quanto a efetividade esperada de seus Governos, assim como das contribuições de sua CDR, na geração dos USD 115 bilhões adicionais ao PIB Brasileiro, a ampliação e melhoria dos serviços digitais aos cidadãos, e a redução do custeio das estruturas de seus Municípios, suas respectivas Regiões, e consequentemente seus Estados.

Papel do curador da AT1:

  • Engajar e garantir que os Coordenadores mantenham os Planos de Ação alinhados com o Propósito da AT1, assim como do SinCDR, e do Brasil 5.0.
  • Integrar o Comitê Executivo compartilhando as realizações do mês e planejamento das ações dos meses seguintes, bem como dos Planos de Ação que serão desenvolvidos para Sensibilizar e Engajar os Agentes Econômicos e Públicos com os Propósitos do SinCDR, e do Brasil 5.0.

Papel do Coordenador no Plano de Ação da AT:

  • Acolher, juntamente com o Curador da AT, com o Apoio do Curador da CDR, os novos Apoiadores, e orientar aquelas que integrarão seu grupo de trabalho quanto a relevância da atividade, e de seu engajamento e contribuições para a realização dos Plano de Ação estabelecidos.
  • Engajar e garantir que os Apoiadores do grupo de trabalho que se prontificaram a realizar o Plano de Ação (O que, Quem, Quando) das ATs – Ações Táticas, mantenham o alinhamento de seus Propósitos e Atividades com o Propósito do SinCDR e do Brasil 5.0.

Entregáveis da AT1:

  • Co-realizar o “Encontro Nacional Ecossistema Brasil 5.0 em Ação: Comunicar e Colaborar para Realizar”, objetivando compartilhar os destaques dos Entregáveis das ATs do período, entre eles: Agentes Econômicos e Públicos Sensibilizados e Engajados, as Experiências de Sucesso e Melhores Práticas identificadas, e Ações de Capacitação e Empoderamento das Pessoas.

  • Realizar o “Encontro Regional Ecossistema Brasil 5.0 em Ação: Comunicar e Colaborar para Realizar”, com foco na apresentação das Experiências de Sucesso identificadasem sua Região. Em todos os Encontros incluir no início uma apresentação de 15 min com o Propósito do SinCDR e os destaques dos entregáveis do mês de sua CDR, e acumulado do SinCDR apresentado no “Encontro Nacional Ecossistema Brasil 5.0 em Ação: Comunicar e Colaborar para Realizar”.

  • Realizar o “Encontro Nacional do SinCDR”, com foco nos destaques do realizado no mês, e planejado para os meses seguintes.

Calendário: 

Sempre das 19h às 20h30: 

MarAbrJunJulAgoSetOutNov
29271 e 292731152629

Metas da AT1:

  • Identificar os Agentes Econômicos e Públicos, Entidades representativas da Sociedade Civil, Academia e Institutos de Ensino e Pesquisas do Ecossistema Regional;
  • Identificar os Agentes Econômicos responsáveis por 80% da receita e principais Lideranças Regionais;
  • Identificar os Agentes Públicos que estejam Liderando as iniciativas de Transformação Digital nos Municípios e Regiões

Importante: Para todas a metas acima obter: Organização, website, nomes completos das principais lideranças com celular, e-mail e perfil no Linkedin;

(CDSP ABC exercerá a Curadoria das AT1s de todas as CDRs durante 2021) 

AT2 – FOMENTAR O ECOSSISTEMA DE INOVAÇÃO E EMPREENDEDORISMO INOVADOR

Propósito da AT2:

Promover a implantação e aperfeiçoamento contínuo de Experiências de Sucesso e Melhores Práticas alinhadas a um ou mais dos 23 Fundamentos do Brasil 5.0, e a uma ou mais das 100 Ações Estratégicas, privilegiando os 4 (quatro) Fundamentos da SOCIEDADE 5.0: 1. Pessoas ao Centro, 2. Qualidade de Vida, 3. Inclusão e 4. Sustentabilidade: Econômica, Social e Ambiental.

Papel do curador da AT2:

  • Engajar e garantir que os Coordenadores mantenham os Planos de Ação alinhados com o Propósito da AT2, assim como do SinCDR, e do Brasil 5.0.
  • Integrar o Comitê Executivo compartilhando as Experiências de Sucesso e Melhores Práticas identificadas no mês, e planejamento das ações dos meses seguintes.

Entregáveis da AT2:

  • Agentes Econômicos e Públicos, Entidades representativas da Sociedade Civil, Academias, e Institutos de Ensino e Pesquisa mobilizados e atuando de forma sinérgica,
  • Transformação Digital de Processos destacando a redução dos custos e competitividade dos Negócios, a partir da Transformação Digital da Experiência do Cliente, para os Agentes Econômicos e Públicos,
  • Transformação Digital de Modelos de Negócio destacando a ampliação das receitas, e respectivos resultados, a partir da Transformação Digital da Experiência do Cliente, para os Agente Econômicos,
  • Ampliação da digitalização dos serviços prestados aos Cidadãos no âmbito do Município, Região e Estado, a partir da utilização dos serviços digitalizados no âmbito Federal, e aproveitamento dos serviços digitalizados pelos demais Municípios ou Estados da União.
  • Indicadores que demonstrem: Negócios mais competitivos, Governos mais efetivos, Sociedade mais humana.

Metas da AT2:

  • Engajar 50% dos Agentes Econômicos responsáveis por 80% da receita para aderirem ao Brasil 5.0 e SinCDR;
  • Engajar pelo menos 1 (uma) Pessoa da estrutura dos Agentes Econômicos e Públicos para integrar a CDR como Curador, Coordenador ou Voluntário;
  • Engajar pelo menos 1 Experiência de Sucesso de Inovação e Transformação Digital a ser aplicada no Manifesto Brasil 5.0 na Região (formulário disponível em Experiências de Sucesso – Instituto MicroPower para Transformação Digital)

(CDSP ABC exercerá a Curadoria das AT2s de todas as CDRs durante 2021)

AT3 – PROMOVER A EDUCAÇÃO E CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL

Propósito da AT3:

Identificar as Demandas por Especialidades dos Agentes Econômicos e Públicos de sua região, assim como as Ofertas de Educação e Capacitação Profissional para atendê-las e que estejam disponíveis a nível regional e/ou nacional, agilizando desta forma o casamento entre oferta e demanda, bem como contribuir com a elaboração e aplicação dos conteúdos para empoderar e capacitar as Pessoas para atuarem nos projetos de Transformação Digital de Processos e Modelos de Negócio, a partir da Transformação Digital da Experiência dos Clientes.

Papel do curador da AT3:

  • Engajar e garantir que os Coordenadores mantenham os Planos de Ação alinhados com o Propósito da AT3, assim como do SinCDR, e do Brasil 5.0.
  • Integrar o Comitê Executivo compartilhando as Demandas por Especialidades e Opções de Desenvolvimento identificados para atendê-las, ações de apoio aos profissionais de RH, ou Professores do Ensino Médio e apoio identificadas no mês, e planejamento das ações dos meses seguintes.

Entregáveis da AT3:

  • Identificar demandas atuais e tendências futuras por Especialidades em sua região, de forma colaborativa com as demais regiões, e divulgar as opções de educação e capacitação profissional identificados para atendê-las,
  • Apoiar capacitação e empoderamento dos profissionais de RH, promovendo um ciclo virtuoso de desenvolvimento destes e das Pessoas em suas Organizações,
  • Apoiar a capacitação e empoderamento dos Professores do Ensino Médio, promovendo seu ciclo virtuoso de desenvolvimento,
  • Pessoas preparadas para os desafios da vida em uma Sociedade 5.0, e de suas Ocupações profissionais,

Metas da AT3:

  • Identificar demandas atuais e tendências futuras por Especialidades em sua região, de forma colaborativa com as demais regiões e divulgar as opções de educação e capacitação profissional identificados para atendê-las.
  • Apoiar capacitação e empoderamento dos profissionais de RH, promovendo um ciclo virtuoso de desenvolvimento destes e das Pessoas em suas Organizações.
  • Apoiar a capacitação e empoderamento dos Professores do Ensino Médio, promovendo seu ciclo virtuoso de desenvolvimento.
  • Pessoas preparadas para os desafios da vida em uma Sociedade 5.0 e de suas Ocupações profissionais.

(CDSP ABC exercerá a Curadoria das AT3s de todas as CDRs durante 2021)

Plano de Ação para Implantação – CDEE REG (EE: Estado – REG: Região)

  1. Identificar os Agentes Econômicos e Públicos, Entidades representativas da Sociedade Civil, Academia e Institutos de Pesquisa que deverão compor o Conselho Regional da CDEE REG, para apoiar e avaliar mensalmente os Planos das Ações Táticas da Coalizão Digital da Região, garantindo seus alinhamentos ao Propósito e Pilares do Brasil 5.0, e Eixos e Ações Estratégicas da E-Digital,
  2. Eleger o Presidente e Vice-Presidente do Conselho Regional da CDEE REG,
  3. Definir os representantes dos Agentes Econômicos e Públicos, Entidades representativas da Sociedade Civil, Academia e Institutos de Pesquisa que deverão compor o Comitê Executivo da CDEE REG que contribuirão com a realização dos Planos das Ações Táticas da Coalizão Digital da Região, alinhadas ao Propósito e Pilares do Brasil 5.0, e Eixos e Ações Estratégicas da E-Digital,
  4. Eleger o Curador da CDEE REG, os Curadores das 3 (três) Ações Táticas, e Coordenadores das Ações Operacionais,
  5. Elaborar a primeira versão do Plano de Ação (5W2H), definindo as Aos – Ações Operacionais para cada uma das 3 (três) ATs, e apresentar para aprovação do Conselho SinCDR.
Ecossistema Brasil 5.0

Participe do Sistema Nacional de Coalizões Digitais Regionais do Brasil 5.0

Participe do Sistema Nacional de Coalizões Digitais Regionais do Brasil 5.0 preenchendo o formulário abaixo e contribua regionalmente com este projeto de interesse Nacional suprapartidário, acima dos interesses dos partidos políticos; e pro bono, caracterizado como uma atividade não remunerada, voluntária e principalmente solidária, que tem como Propósito:

Consolidar regionalmente os fundamentos que habilitem o Brasil a exercer o Protagonismo na Inovação e Transformação Digital Global, juntamente com os países líderes no tema, através de uma jornada que potencialize o ciclo virtuoso do empoderamento e da produtividade da Pessoa 5.0, competitividade do Negócio 5.0, efetividade do Governo 5.0, o fomento da Economia 5.0, e a construção da Sociedade 5.0 com Qualidade de Vida, Inclusão e Sustentabilidade: Econômica, Social e Ambiental.

Princípios
Estou de acordo com os termos e condições da Política de Privacidade, a qual li e compreendi.